2006/03/31

Endogamia nas universidades promove fuga de cérebros

Artigo no portal Ciência Hoje (via Nuno).

3 comentários:

Rosario Marques disse...

E as universidades não estão também obrigadas à audiçao do interessado, antes da exclusão definitiva?

Não valia a pena uma queixa junto das entidades competentes?

Filipe Moura disse...

Rosário, devido a uma lei de "autonomia universitária" que só serve para proteger compadrios, as universidades portuguesas contratam quem quiserem, competente ou incompetente, sem darem cavaco a ninguém...
Eu ando há vai fazer dois anos a ser excluído de concursos para universidades portuguesas. Eu e outros doutorados no estrangeiro. O caso relatado no artigo não é novidade nenhuma para mim.
Os candidatos "internos" são sistematicamente os primeiros... A audição é por escrito, mas não conta para nada pois os júris (internos...) fazem o que querem. Já pus casos em tribunal e até hoje nunca consegui nada graças à sacrossanta autonomia universitária.

Luis disse...

Essa sacrosanta senhora serve para por cobro a todo o tipo de ilegalidades. E não só em Portugal.