2006/04/15

Ils sont fous, ces vikings!


A banda desenhada há muito que deveria ter acabado (o último álbum, então, é totalmente indigno de pertencer à colecção, e deveria ser de lá banido). Mas é sempre um prazer voltar aos álbuns originais, que deram a fama à série, mesmo por outros meios.
Estreou esta semana a adaptação cinematográfica do meu álbum do Astérix favorito: o Astérix e os Normandos. Podem ver um trailer aqui. Será que no filme também há um normando a dizer para o outro (sobre o Goudurix, o "campeão do medo") «não lhe batas com muita força, pois senão ele nem sequer serve para loiça»? Será que o chefe normando também come javali com natas?

2 comentários:

Ana Miranda disse...

Fiquei com saudades do "Asterix e Cleopatra", que o meu pai me levou a ver ao cinema numa manhã de domingo, no Charlot, no Porto, prai em 1979 :))) Pelo que leio agora, este era um filme de 1965. Que ainda estejam a fazer "filmes do Asterix" 40 anos depois mostra como esta BD se entranhou no imaginário de tantas gerações...

vanessa disse...

Concordo em absoluto contigo. a colecção, de facto, já devia ter terminado. continuo a gostar dos «originais» como se fosse a primeira leitura. continuo a adorar o humor e as lições de história. hoje, os últimos números, a única coisa q provocam é um «vazio»!