2006/11/11

O concerto - conclusão

É mesmo verdade que Chico não parece sentir-se muito à vontade num concerto. Está sempre retraído, não se mexe. Mas comunicou com o público.Infelizmente o Chico do século XXI não consegue escrever clássicos como os de entre os anos 60 e 80. Chico nunca se enganaria a cantar um clássico, mas esqueceu-se da letra da “Ode aos Ratos”. Mais vale Chico concentrar-se nos clássicos. O público que esgotou o Coliseu seis noites em Lisboa fica à espera de um regresso.

3 comentários:

ricardo batista disse...

"É mesmo verdade que Chico não parece sentir-se muito à vontade num concerto."
É o jeito dele, que é o reflexo da sua música, sóbria e intimista.

"Infelizmente o Chico do século XXI não consegue escrever clássicos como os de entre os anos 60 e 80."
Mas quem é que hoje consegue escrever clássicos? A música hoje é cada vez mais efémera, é tanta coisa e circula tudo tão rápido, que não há espaço para classicos.

"Chico nunca se enganaria a cantar um clássico, mas esqueceu-se da letra da “Ode aos Ratos”."
Um pormenor dispiciendo para quem consegue cantar 35 músicas seguidas sem qualquer cábula. Coisas de Lisboa ...

Filipe Moura disse...

Não sou tão pessimista como tu quanto à música de hoje. Tenho é que concordar quanto ao pormenor das 35 canções, e deveria tê-lo destacado mais. Foram duas horas em que o homem praticamente não parou de cantar! Concerto como este que eu tenha assistido só o do João Gilberto que eu referi atrás (ele estava com a corda toda). O Caetano na Expo em 98 também cantou muito, mas por três horas, com pausas para conversar.
"Coisas de Lisboa"? O "Sem Compromisso" e o "Deixa a Menina" é que pelos vistos não são "coisas do Porto"... :)

ricardo batista disse...

"Não sou tão pessimista como tu quanto à música de hoje."

Por exemplo, porque é que Dura na queda, por exemplo, não está ao nível dos clássicos? E quem diz essa diz outras do penúltimo disco, as Cidades, que tem também execelentes argumentos.
Porque é que agora essas músicas do Chico nunca terão o sucesso de outras, doutros tempos?

Porque é que hoje não aparecem fenómenos de popularidade musical como os Beatles?

Justamente porque hoje a oferta é muito mais vasta, mais diversificada e o seu acesso muito mais fácil.

Penso eu ...

PS: "O "Sem Compromisso" e o "Deixa a Menina" é que pelos vistos não são "coisas do Porto"... :)"
Isso foi porque ele não aguentou a emoção que o calor público nortenho lhe causou :)))