2006/11/08

Ela É Dançarina

Regresso ao álbum Uma Palavra, de 1995. Também estava particularmente curioso com esta música, escrita em 1981 e que se refere ao ano 2001 no futuro. Sempre julguei que o Chico Buarque nunca mais a cantasse e que ela passasse à história. Afinal enganei-me: na sua primeira digressão no século XXI, Chico não perdeu a ocasião de a cantar. E com a letra inalterável: "no ano 2001, se juntar algum, eu peço uma licença...". Confirma-se: Chico não muda. E é muito bom.
Começou com esta canção o meu karaoke particular. A letra não mudou, como disse, e esta foi a primeira canção que eu cantei do princípio ao fim. Não errei.

1 comentário:

ricardo batista disse...

O original desta música é do album Almanaque, de 1981. Um dos meus favoritos de infância, até hoje. O final original tem uma parte instrumental muito bonita mas que ele omitiu. Só por aí pecou.