2007/04/11

O engenheiro da discórdia

Nunca concluiu nenhuma licenciatura. Tem um bacharelato. É engenheiro técnico. Mas toda a gente o trata por "engenheiro". Todos lhe reconhecem uma honestidade e uma firmeza de carácter a toda a prova. Estará este homem a enganar toda a gente? Ou será Portugal simplesmente um país mais obcecado por títulos do que por competência?

3 comentários:

JSA disse...

Nada de especial quando temos os Professores Neca e Jesualdo Ferreira. Posso estar errado, pois claro, mas creio que serão apenas e só professores de educação física, sem quaisquer doutoramentos ou cátedras, mas enfim.

Já agora, a mim aborrece-me que tratem o Fernando Santos por "engenheiro" (aborrece-me ainda mais que ele seja o chato treinador do Benfica, mas isso são outras hstórias), mas pergunto-te: também te aborreceu que ele fosse "engenheiro" quando "exercia" para os lados de Alvalade? ;)

JÚLIO SILVA CUNHA disse...

http://apaniguado.blogspot.com/2007/04/ricardo-quaresma-heri-randiano.html

Filipe Brás Almeida disse...

O Fernando Santos sai ileso porque não é Primeiro Ministro. De facto já estava a ficar farto de uma comunicação social obcecada com um assunto de 0 (zero) interesse e credibilidade. Espero que tenha terminado.