2006/07/02

Agora é a sério

Primeiro, Portugal jogou contra um regime ditatorial e corrupto. Depois, contra um regime fundamentalista liderado por um fanático. Concluiu-se a fase de grupos contra aquilo a que Mario Vargas Llosa chamou "a ditadura perfeita". Seguiram-se duas monarquias execráveis, passe o pleonasmo. Segue-se finalmente uma república. Profundamente desmoralizada e descredibilizada graças ao seu presidente e ao seu primeiro ministro. Mas uma república, e que república.
Acabou-se a superioridade moral.

2 comentários:

Luis disse...

"Seguiram-se duas monarquias execráveis, passe o pleonasmo."

Assim não dá, é que até eu fiquei com pela deles, e isso não pode mesmo acontecer.

Nelson disse...

superioridade moral? só se jogássemos com Espanha!