2006/12/06

Almoço em Alvalade

Caro André:
O almoço foi óptimo. A mão-de-vaca estava boa e as tuas costeletas tinham bom aspecto. Gostei do restaurantezinho, embora naquelas redondezas a melhor escolha tivesse sido o Antigo Retiro Quebra Bilhas. Mas agora, para irmos ao Quebra-Bilhas, só se tu tivesses pedido uma cunha ao Grande Timoneiro Insurgente. É que, desde há pouco tempo, o Quebra-Bilhas é dos amigos dele. (Soube desta triste notícia sobre um dos meus restaurantes favoritos de Lisboa via Esquerda Republicana.)
Quem sabe no futuro o Quebra Bilhas volta a ser o que era? Até lá havemos de continuar a almoçar de vez em quando. Foi um prazer finalmente conhecer-te.

2 comentários:

Luis Rainha disse...

O "Quebra Bilhas" bom? Há dez anos, talvez. Ultimamente era apenas barulhento e caro.

Filipe Moura disse...

Agora que o dizes, fizeste-me recordar: a última vez que lá fui, de facto, foi há uns longínquos oito anos (e nem sequer fui eu que paguei o jantar...) Não era propriamente um cliente regular. Também estive este tempo fora... Mas gostava muito.