2008/02/01

Deu Obama


Cada vez há menos candidatos nas primárias norte-americanas. Nos democratas a luta está restrita a dois; nos republicanos, a luta está mais renhida. Mas tudo deve ficar mais claro, senão mesmo decidido, na "super terça-feira" (que por coincidência este ano é a de Carnaval) que se aproxima. É inrteressante fazer-se uma espécie de "Political Compass" adoptado à política americana, o "Electoral Compass" (que encontrei no Véu da Ignorância). Eu fiz, quando ainda todos os candidatos estavam em disputa. Já nessa altura o candidato de que me encontrava mais próximo era Barack Obama. Situo-me à esquerda (economicamente) de todos os candidatos, e socialmente sou tão progressista como Obama. O candidato de que estou mais distante é Fred Thompson (que já desistiu); dos que estão ainda na corrida, é Mike Huckabee. Experimentem também vocês.